O que é a AVALIAÇÃO INTEGRADA?
A avaliação é parte integrante e indissociável do processo de ensino e aprendizagem e vincula-se, necessariamente, ao processo de “ação-reflexão-ação”, compreendendo o ensino e as práticas metodológicas da aprendizagem nas disciplinas/atividades curriculares dos cursos, na perspectiva formativa de “profissionais e cidadãos capazes de uma ação interativa e responsável na sociedade atual”, caracterizada pelas constantes transformações humanas.

A avaliação compreende um processo de aperfeiçoamento e aplicação das competências e habilidades formativas que devem compor o perfil discente, bem como o desenvolvimento e aperfeiçoamento dos processos cognitivos que estão sujeitos ao longo da integralização durante o curso, bem como após a conclusão pelo egresso junto aos desafios na sociedade.

Diante desse requisito, embasado nas resoluções do MEC e no atendimento da melhoria da qualidade de ensino e aprendizagem praticada pela IES, resolve instituir e regulamentar a implantação da PROVA INTEGRADA para os cursos de graduação do Centro Universitário Fundação Santo André em consonância aos formatos, exigências e metodologias avaliativas aplicadas nos diversos processos formativos, tais como ENADE, PROVAS DE SUFICIÊNCIAS DOS CURSOS ESPECIFICOS, RESIDÊNCIAS e outros.

Qual seus OBJETIVOS?
A PROVA INTEGRADA tem o objetivo de avaliar o desempenho dos discentes com relação aos conteúdos programáticos previstos nas diretrizes curriculares dos cursos de graduação, o desenvolvimento de competências e habilidades necessárias ao aprofundamento da formação geral e profissional, e o nível de atualização dos estudantes em relação aos diversos instrumentos avaliativos obrigatórios e constantes na sociedade, como ENADE, PROVAS DE SUFICIÊNCIA nos formatos do padrão nacional.

Quem deve fazer?
A PROVA INTEGRADA será aplicada, a partir do 3º semestre, aos semestres ímpares dos cursos de graduação a todos os discentes do Centro Universitário Fundação Santo André, observado o semestre ou ano do curso em que está matriculado, versando sobre questões relativas aos conteúdos curriculares de formação geral e/ou específica, relacionados ao período vigente e anteriores do curso.

Como será a composição da PROVA INTEGRADA nas notas? Quando será aplicada?
A PROVA INTEGRADA comporá 10% da média de todas as disciplinas do semestre do curso sendo computada dentro da nota de atividades das disciplinas, assim, as disciplinas, dos referidos semestres já elencados nesta resolução, passam a ter 50% da nota de atividades de livre escolha do professor e 50% relativa à nota da PROVA INTEGRADA.

Excluem-se desta composição as disciplinas de Monografia, TCC e atividade de Estágio Curricular.

Não cabe contestação, revisão e/ou recurso aplicado a PROVA INTEGRADA. Parágrafo 3º. Se por motivos técnicos a prova não for aplicada à determinado curso ou semestre, a nota respectiva da aplicação relativa à PROVA INTEGRADA será a mesma dada na respectiva nota de atividade já obtida pelo discente em cada respectiva disciplina.

As informações especificas serão publicadas amplamente em edital de convocação para a realização da prova.

Casos omissos serão resolvidos pela Pró-Reitoria de Graduação conjuntamente com a Coordenação Geral da Avaliação Discente.

A PROVA INTEGRADA deverá ser aplicada em maio de cada ano letivo.

Qual a resolução do Conselho Universitário que regulamenta a AVALIAÇÃO INTEGRADA?
Res. Consun 059. 21

Onde encontrar mais informações?
Todas as informações pertinentes serão divulgadas via Moodle aos alunos inscritos na sessão: AVALIAÇÃO INTEGRADA.

(11) 4979-3300

fale com nossa equipe

(11) 4979-3333

entre em contato por WhatsApp

  • Opens in a new tab
  • Opens in a new tab
  • Opens in a new tab
  • Opens in a new tab

© 2021 | Fundação Santo André