Especialização

Engenharia Urbana

carga horária

360 horas

modalidade

presencial

duração

18 meses

Por que fazer este curso?

Consequência da ocupação desordenada de seu território nos últimos 50 anos, o Brasil sofre na atualidade com problemas característicos de uma nação que possui uma das maiores taxas de urbanização do mundo, em que se pesa a falta de políticas públicas eficientes e bem articuladas entre, assim como a ausência de um planejamento adequado para cidades, regiões, ou melhor, para o próprio país. Tal cenário tem impedido o acesso à habitação para grande parcela da população brasileira e tem causado problemas urbanos dos mais variados, como o aumento do número de favelas, uma rede caótica de transportes coletivos, além da poluição de rios, lagos e praias pela falta de saneamento. A solução dos problemas urbanos realizada tão somente por meio do enfoque técnico baseado no controle do uso do solo e da regulamentação através de planos diretores não parece ser suficiente para o país. O desenvolvimento urbano em países como o nosso necessita de um enfoque na gestão, âmbito em que a sustentabilidade urbana encontra respaldo prático. Neste contexto, o curso objeto deste Projeto Pedagógico busca dar uma visão de conjunto, analisando causas e efeitos, de modo a evitar que a solução de um problema no âmbito da engenharia urbana possa causar problemas de outra ordem (econômico, social, territorial ou organizacional), algumas vezes com impacto negativo no ambiente construído.

DISCIPLINAS E EMENTAS

Busca explicar os assentamentos humanos a partir das diversas visões da cidade contemporânea (pós-industrial) e os processos de metropolização. Apresenta as origens da cidade moderna (industrial) e as transformações ocorridas no séc. XX – por de exemplos e contexto histórico, questões atuais da forma da cidade em relação à cidade em construção, a estrutura social e o projeto físico.

Distinção entre instituição e política. Discussão das principais políticas urbanas contemporâneas nos campos da moradia, do lazer e da cultura, da mobilidade, da educação e da saúde, do trabalho e da segurança social. Instituições urbanas e suas conexões com outras instituições. Antecedentes sobre a legislação de ordenamento territorial e a experiência brasileira. A constituição federal de 1988, as constituições estaduais, as leis orgânicas municipais e o tratamento das questões urbanas. O estatuto da cidade. As principais leis urbanas, o perímetro urbano, o controle do uso e ocupação do solo urbano, o parcelamento urbano, a legislação ambiental, o código de edificações, as posturas urbanas. O plano diretor.

Estuda a interação humana e a vida social em áreas urbanas, abordando temas como tendências demográficas, desigualdade, segurança social e pobreza, tendências econômicas, migrações e relações sociais em meios urbanos, destacando as metrópoles brasileiras. Aborda o gerenciamento do setor público, considerando os conceitos de modernização para instituições públicas e privadas, as mudanças gerenciais e as funções estratégicas do desenvolvimento de recursos humanos e organizacionais, bem como os processos de planejamento urbano participativo. Trata da habitação popular, autoconstrução, favelas, loteamentos irregulares, demografia, crescimento demográfico, expansão urbana, plano diretor, políticas de provisão habitacional e do seu impacto nos sistemas urbanos. Estuda as dimensões básicas e as interações entre sociedade e natureza, os conceitos de participação e mediação de conflitos e a Agenda 21.

Discute as principais teorias do desenvolvimento regional e urbano. No que se refere ao desenvolvimento urbano, aborda a teoria centralidade, da subordinação territorial e a teoria do crescimento das cidades. Para o desenvolvimento regional, aborda as teorias da base de exportação, a teoria dos polos de crescimento e a teoria do desenvolvimento desigual. Procura estabelecer os conflitos e as sinergias entre os aspectos econômicos, sociais e ambientais do desenvolvimento urbano e regional.

Inter-relações do urbanismo com projetos urbanos. O traçado urbano e seu processo de desenvolvimento. Teorias e modelos de desenvolvimento urbano. A estruturação do espaço urbano, seus agentes modeladores e promotores. Qualificação, quantificação e distribuição das atividades e usos dos equipamentos urbanos. Infraestrutura e serviços urbanos.

Entender como o Desenho urbano determina fluxos e cria sistemas viários de comunicação. Planos Municipais de Transporte e suas interligações metropolitanas. Tecnologias aplicadas aos Transportes. Estudos de Viabilidade de Infraestrutura de Transportes.

Sinalização viária – normas de projeto; características do tráfego; variáveis do trânsito; relações básicas; sistemas de controle; segurança de trânsito.

Atividades que dão origem aos deslocamentos. Usos do solo, distribuição das diversas atividades no espaço urbano. Localização e as formas de pagamento, preço do solo. Infraestruturas e formas de acesso. Direito à cidade. Mapeamento de dados socioeconômicos –Pesquisa Origem Destino, Censo IBGE. Conecta-se com zoneamento, plano diretor e economia urbana.

Engenheiro ou Arquiteto com experiência profissional em projetos detransporte.

Engloba os temas mais recentes, como transportes ativos – a pé e bicicleta – e formas de urbanismo associados, como traffic calming, desenho urbano voltado para o pedestre, segurança viária, visão zero, automóveis autônomos, etc. Novos sistemas e tecnologias de transporte. Novas abordagens da demanda – recortes de gênero e raça.

Natureza e origem dos solos. Interação entre assentamentos urbanos e solos. Erosão e assoreamentos. Indústria, resíduos e rejeitos sólidos. Águas subterrâneas. Aterros sanitários, percolação e migração de contaminantes.

Estudo de pavimentos flexíveis e rígidos quanto a materiais empregados no execução. Dimensionamento Pavimentos. Execução de pavimentos. Ensaios de Asfaltos, Pavimentação urbana, Acessos a Rodovias, Sinalização de Pistas.

Estudar desde a geração dos resíduos sólidos urbanos até a sua destinação final, visando o processo e formas ambientalmente corretas para o manejo, nas etapas de geração, acondicionamento, transporte, transbordo, tratamento, reciclagem, destinação e disposição final tendo como objetivo evitar danos ao meio ambiente e a saúde pública.

Apresentar as fontes de suprimento de energia para as cidades, assimcomo sua distribuição e racionalização. Possibilitar o entendimento das redes de telecomunicações e sua influência na gestão urbana.

A importância de um planejamento para o sistema de saneamento básico no ecossistema e sua atuação na promoção da salubridade das habitações e preservação do meio ambiente.

Drenagem Urbana ou Manejo de águas pluviais. Estudar a causa e as soluções dadas as águas pluviais. A expansão urbana e as áreas de alagamento. O aquecimento global e a Agenda 21. A relação entre saneamento básico e meio ambiente.

Engenheiro Ambiental com experiência profissional em projetos urbanos.

Revisão crítica e pessoal de todos os conteúdos ministrados, através da escolha de um tema-problema a ser explorado em um artigo científico – a ser apresentado em SAPEX.

+ informações sobre o curso

18 parcelas de R$420,74*

Valor aplicável para o 2° semestre de 2021. Sujeito a reajuste nos próximos semestres.
a) Os vencimentos das parcelas ocorrerá sempre no dia 10 de cada mês, porém, o aluno que efetuar o pagamento até o último dia útil, gozará de 8% de desconto e, caso o pagamento seja efetuado até o 5° dia útil de cada mês, gozará de 4% de desconto.
b) Será concedido desconto de 0,5% ao mês, para os alunos que optarem pelo pagamento integral de semestralidade do curso no ato de matrícula.
c) Será concedido desconto de 10% para ingressantes na pós-graduação que tenham sido ex-alunos da Fundação Santo André desde que o pagamento ocorra até a data de vencimento da parcela. (Desconto acumulável com os descontos dos itens a e b).
d) Será concedido desconto de 10% para ingressantes na pós-graduação que sejam associados, funcionários, estagiários ou aprendizes (e respectivos dependentes) atuantes em empresas que tenham convênio com a Fundação Santo André. (Desconto acumulável com os descontos dos itens a e b).

Segundas e quartas-feiras, das 19h às 23h.

explore nosso campus

OBJETIVOS

professor responsável

Prof. Me. Enrique Grunspan Staschower

Para mais informações, entre em contato através do telefone ou e-mail

8h às 12h e 13h às 17h

8h às 12h e 13h às 17h

(11) 4979-3300

fale com nossa equipe

(11) 4979-3333

entre em contato por WhatsApp

  • Opens in a new tab
  • Opens in a new tab
  • Opens in a new tab
  • Opens in a new tab

© 2021 | Fundação Santo André