Você está visualizando atualmente Psicopedagogia: o que é e como atuar na área

Psicopedagogia: o que é e como atuar na área

39.410 Views · 

Com certeza, você já ouviu falar em psicologia e pedagogia. Essas duas ciências são importantíssimas para o desenvolvimento do ser humano. Enquanto a pedagogia trata da educação dos jovens, a psicologia trata dos estados e processos mentais do ser humano, como um todo. Poucas pessoas conhecem, mas existe uma ciência aplicada que combina ambas: a psicopedagogia.

Você já ouviu falar em psicopedagogia? Confira tudo sobre essa ciência a seguir.

Índice

O que é psicopedagogia?

Como o nome já indica, a psicopedagogia é uma ciência aplicada que alia a psicologia à pedagogia. A psicopedagogia é um campo complexo e de múltiplas variáveis, derivando a necessidade de formar profissionais com um referencial teórico multidisciplinar que sustente a elaboração dos critérios e estratégias para tratar da problemática da aprendizagem.

A psicoeducação, uma prática cada vez mais adoptada pelos casinos online portugueses, é fundamental para promover um ambiente de trabalho saudável e uma cultura de jogo responsável. No domínio dos casinos online, onde o fascínio dos jogos casino online Portugal pode ser aliciante, é imperativo que os funcionários compreendam os meandros psicológicos da dependência e do comportamento responsável no jogo. Ao integrar a psicoeducação nos seus programas de formação, os casinos online em Portugal equipam os seus funcionários com os conhecimentos e as competências necessárias para identificar padrões de jogo problemáticos e intervir eficazmente. Esta abordagem proactiva não só capacita os funcionários a reconhecer os sinais de dependência, como também lhes permite orientar os jogadores para os recursos de apoio e assistência.

Psicopedagogia é um campo complexo e de múltiplas variáveis
Psicopedagogia é uma ciência aplicada que alia a psicologia à pedagogia.

O objeto de estudo e trabalho da psicopedagogia é a aprendizagem. A especialização de profissionais nessa área contribui significativamente para o desenvolvimento do ponto de vista da educação. Além disso, vale destacar que existe uma demanda de profissionais da área, frente ao público proposto.

O que faz um psicopedagogo?

Quem não conhece um psicólogo ou um pedagogo? Assim como suas respectivas áreas de atuação, esses profissionais possuem funções e competências diferentes. Isso traz à tona um grande questionamento: o que faz um psicopedagogo? Da mesma forma que psicopedagogia junta psicologia e pedagogia, tenha em mente que um psicopedagogo atua lidando com ambas as frentes.

O psicopedagogo busca entender os fundamentos e desenvolvimento da aprendizagem, bem como sua relação com o meio social, familiar e escolar do aluno. O objetivo do profissional é identificar possíveis problemas nesse processo, dedicando-se à orientação sobre a prevenção desses e atuando no processo educacional para o acompanhamento,  diagnóstico e até mesmo correção das patologias do aprendizado.

Quem pode ser psicopedagogo?

Afinal, quem pode ser um psicopedagogo? Como você deve ter imaginado, os titulares de diploma em Pedagogia e Psicologia podem ser psicopedagogos. Porém, saiba que eles não são os únicos profissionais aptos a atuar nessa área. Além deles, os titulares de diploma de Licenciatura e pós-graduados em Psicopedagogia também podem atuar na área.

Os titulares de diploma em Pedagogia e Psicologia podem ser psicopedagogos
Diferentes tipos de profissionais podem ser psicopedagogos

Com isso, entende-se que a psicopedagogia é destinada a profissionais com diplomas de ensino superior em diferentes áreas. Confira alguns profissionais que podem atuar com psicopedagogia:

  • Pedagogos;
  • Psicólogos;
  • Fonoaudiólogos;
  • Terapeutas Ocupacionais;
  • Assistentes Sociais;
  • Licenciados em Letras, Biologia, Matemática, Física, Química, Ciências Sociais, História, Geografia, Educação Física, Educação Artística, entre outros;

Como é a atuação do psicopedagogo?

Após concluir o curso de pós-graduação em Psicopedagogia, o profissional pode escolher atuar em diferentes locais dedicados às questões relacionadas ao processo de aprendizagem. O profissional pode trabalhar tanto com psicopedagogia clínica quanto com psicopedagogia institucional.

Afinal, qual é a diferença entre psicopedagogia clínica e psicopedagogia institucional? Como os nomes já indicam, os campos de atuação dos psicopedagogos são diferentes em cada cenário. No caso, o psicopedagogo clínico atua no campo terapêutico em clínicas especializadas, enquanto o psicopedagogo institucional trabalha no campo preventivo em instituições.

O profissional pode trabalhar tanto com psicopedagogia clínica quanto com psicopedagogia institucional.
O psicopedagogo pode atuar em diferentes instituições dedicadas às questões da aprendizagem

O psicopedagogo também pode atuar como consultor e assessor psicopedagógico. Aqueles que foram licenciados e/ou pós-graduados podem ministrar aulas na qualidade de especialista em cursos de graduação e pós-graduação. Além disso, podem também assumir as funções de tutor, pesquisador e gestor de estabelecimentos públicos e particulares destinados à prática da psicopedagogia.

Qual a diferença entre campo preventivo e campo terapêutico?

A atuação no campo preventivo da psicopedagogia ocorre em diferentes instituições, como escolas, hospitais e empresas. O objetivo do psicopedagogo que atua nesse campo é identificar os obstáculos e elementos facilitadores do processo de aprendizagem e ensino, prevenindo a instalação da dificuldade de aprendizagem.

Diferentemente do que acontece no campo preventivo, a atuação no campo terapêutico da psicopedagogia acontece em clínicas ou consultórios. O psicopedagogo é responsável por realizar os diagnósticos e o tratamento dos problemas de aprendizagem que não foram prevenidos.

Qual a diferença entre psicopedagogo, psicólogo e pedagogo?

Como dito anteriormente, psicopedagogia, psicologia e pedagogia são ciências diferentes, mas que podem atuar em conjunto. Nem todo mundo sabe ao certo quais são as diferenças entre essas áreas, muito menos a diferença entre as capacitações e responsabilidades dos profissionais que atuam diretamente com essas ciências.

Você sabe qual é a diferença entre psicopedagogo, psicólogo e pedagogo? Confira a seguir:

Psicopedagogo

Psicopedagogo é o profissional especialista em aprendizagem humana. Ele atua por meio de instrumentos da psicopedagogia, que servem ao seu objetivo de estudo, cuja escolha decorre da formação profissional e competência técnica próprias do psicopedagogo, visando atender às características e necessidades apresentadas por cada indivíduo.

Psicólogo

Psicólogo é o profissional dedicado ao estudo e tratamento de processos mentais e comportamentais do ser humano, bem como de suas interações com os ambientes físico e social. O psicólogo pode atuar em diversas áreas, como educacional, clínica, social, trabalho, entre outras.

Existem muitas oportunidades de trabalho para psicólogos. Esse é um dos motivos que fazem inúmeras pessoas procurarem por um curso de Psicologia. O profissional graduado pode atuar em diferentes áreas e instituições, como:

  • Saúde e Processos Clínicos;
  • Processos de Prevenção e Promoção de Saúde;
  • Processos de Gestão;
  • Clínicas, Hospitais e Ambulatórios;
  • Unidades Básicas de Saúde (UBS);
  • Centros de Atendimento Psicossocial (CAPS);
  • Escolas e Creches;
  • Recursos Humanos;
  • Varas de Infância e Família;
  • Delegacias e Fundação de Atendimento Socioeducativo;
  • Organizações não Governamentais (ONGs);

Além disso, saiba que um psicólogo também pode dar continuidade aos estudos na licenciatura, para assim se tornar docente na área da Psicologia.

Pedagogo

Pedagogo é o profissional portador de licenciatura que trata da educação dos jovens, estudando problemas relacionados com o seu desenvolvimento em geral. Ele pode atuar como docente, trabalhar em projetos educativos e na gestão de instituições públicas e privadas, tanto da educação formal quanto da não formal. Além disso, pode atuar na coordenação de sistemas escolares.

Disciplinas da Pós-Graduação em Psicopedagogia

Com uma Especialização em Psicopedagogia, o profissional se torna mais valioso para o mercado de trabalho, que necessita de professores e gestores bem formados, qualificados e que conheçam as metodologias específicas para o atendimento das crianças na educação infantil, bem como na primeira fase do ensino fundamental.

Confira quais são as disciplinas da pós-graduação em psicopedagogia da Fundação Santo André
A especialização em psicopedagogia da Fundação Santo André oferece inúmeras disciplinas

Bases da psicopedagogia clínica e institucional

  • Carga horária: 40h;
  • Professor(a): Dra. Marli Vizim (Lattes);

Disciplina dedicada à compreensão do histórico, dos campos de atuação, da identidade e ética psicopedagógica. Fracasso escolar, o fracasso da aprendizagem e obstáculos na aprendizagem. Matrizes de aprendizagem.

Aspectos neuropsicológicos da aprendizagem

  • Carga horária: 40h;
  • Professor(a): Ma. Inda Lages Nascimento (Lattes);

Estudo sobre os aspectos neuropsicológicos relacionados às dificuldades e às alterações produzidas por doenças neurológicas que podem afetar os processos cognitivos. Caracterização dos distúrbios de aprendizagem.

Desenvolvimento afetivo, família e aprendizagem

  • Carga horária: 40h;
  • Professor(a): Ma. Ana Paula Ribeiro Hirakawa (Lattes);

Disciplina destinada para a compreensão do desenvolvimento humano nos vértices afetivo-emocional e das modalidades de aprendizagem que possibilitem uma organização adequada do psiquismo frente às exigências sociais e escolares. Referenciais teóricos psicossocial e psicanalítico na tentativa de compreensão dos estados emocionais e vinculares relacionando-os aos fenômenos psicopatológicos que causam sintomas e inibições no desenvolvimento cognitivo. Concepções. Contextos familiares e cultura social no século XXI. A organização e a estrutura relacional. A comunicação familiar. Estilos familiares. Diversidades familiares. O sofrimento relacional na família. A criança e o adolescente sintomático. Principais disfunções familiares.

Metodologia da pesquisa

  • Carga horária: 40h;
  • Professor(a): Dra. Emillyn Rosa (Lattes);

Entender os aspectos éticos da pesquisa e apresentar estratégias de pesquisas adequadas para a elaboração e execução de projeto de pesquisa e de intervenção.

Conhecimento lógico matemático: desenvolvimento e intervenção

  • Carga horária: 40h;

Atividades destinadas à compreensão da natureza e importância da competência matemática, bem como a forma de abordar a solução de problemas matemáticos e formas de intervenção.

Linguagens, tecnologia e intervenção psicopedagógica

  • Carga horária: 40h;
  • Professor(a): Me. Ana Paula Ribeiro Hirakawa (Lattes);

Disciplina destinada para entender as dificuldades da linguagem tanto na expressão como na compreensão em suas várias formas e propor métodos alternativos de desenvolvimento como a arte e a expressão corporal e novas tecnologias.

Intervenção psicopedagógica na leitura e na escrita

  • Carga horária: 40h;
  • Professor(a): Me. Rafael Ferreira de Melo Brito da Silva (Lattes);

Elementos básicos necessários ao desenvolvimento da leitura e da escrita e dos distúrbios afetivos e cognitivos que permeiam a relação leitor/texto/produção. Seleção e utilização de material lúdico no planejamento de atividades.

Avaliação psicopedagógica clínica e institucional

  • Carga horária: 40h;

Entender a avaliação psicopedagógica em dimensões psicológicas, pedagógicas e sociais e compreender os possíveis elementos da avaliação bem como sua função tanto na clínica como nas instituições.

Intervenção psicopedagógica: estudo de caso

  • Carga horária: 40h;
  • Professor(a): Me. Ezequiel Marcos de Carvalho (Lattes);

Estudo sobre a avaliação e intervenção psicopedagógica clínica e institucional, bem como propor o modelo de intervenção psicoeducativa e elaboração de estratégias de intervenção.

Deseja ser um psicopedagogo? Faça uma Pós-Graduação em Psicopedagogia na Fundação Santo André!

Se você deseja se especializar em psicopedagogia, seja para atuar no campo terapêutico ou no campo preventivo, saiba que a Fundação Santo André está aqui para te ajudar a alcançar seus objetivos. O curso de pós-graduação em psicopedagogia é a melhor porta de entrada para profissionais que desejam trabalhar com a aprendizagem humana.

E aí, está esperando o que para fazer uma especialização em psicopedagogia no Centro Universitário Fundação Santo André? Acesse o site da FSA e confira mais informações sobre esse e outros cursos de pós-graduação.

Este post tem um comentário

Deixe um comentário